quarta-feira, 11 de novembro de 2009

Oração de uma alma errante

                                                                
Deus, por favor volva seu olhar
Para mim pobre mortal!
Não vês,,Meu Deus,que há um vazio que
toma conta de minha alma errante
Que vaga tão sozinha
Esperando teu perdão?
Quem dera, Meu Senhor!
Depois de errar tanto,
Mesmo que me condenes,
(Embora condenada já esteja),
Mas recebas minha derradeira confissão,
Que surge do mais íntimo do meu coração
Como se fosse ósculo Em vossa
tão límpida e transluzente face
Deus Meu! Reconhecendo minha pequenez,
Imploro!Deixe-me sentir envolvida
Por vossas mãos cheias de graças
Deixe-me sentir Vosso Olhar de misericórdia
E, a cada nascer do Sol, que seus raios
sejam como um  sorriso Vosso de perdão.
Assim seja.

de MBM

4 comentários:

Silvana Nunes .'. disse...

Obrigada pela visita e por suas palavras carinhosas para com o meu trabalhod e pesquisa. Volte mais vezes, FOI DESSE JEITO QUE EU OUVI DIZER.... terá sempre uma história para contar.
Saudações Florestais !

Arséne Lupin disse...

Engraçada vc...profunda tb

bj

Estrela disse...

Lobo! Que bom tê-lo por aqui,esse espaço é seu também!
Obrigada pela visita!
Abraço!

Estrela disse...

Deus, obrigada por me mostrar um pouquinho da vossa face.