terça-feira, 9 de fevereiro de 2010

Despedida

Hoje venho a este espaço dizer que estou encerrando o blog.Meu coração está pesado por causa disso, mas não tenho mais estímulo. Como o meu perfil diz, sou professora. Tenho fascinação pelas letras e amo escrever. Porém,como o próprio blog diz, sou uma apaixonada e a paixão era o que me fazia estar aqui todos os dias. Ontem, a caminho de casa pensava (gosto de pensar quando estou caminhando) e... Eureca! A ficha caiu. Consegui ver todas as coisas como elas realmente são. Sem enfeites, sem ilusões,sem sonhos e que tristeza se abateu sobre mim! Sou apaixonada sim, mas não é recíproco infelizmente! Porque apesar de saber que quem ama, ama e não pede nada em troca,quem ama gostaria de ser correspondido. E, se não me sinto amada por um ser que tanto prezo, se nenhuma reciprocidade me é dirigida, se não sou tão importante como julguei que fosse, não há mais motivos para continuar com este blog.Peço aos meus seguidores que me perdoem. Simplesmente não posso mais.Um dia, quem sabe eu possa sorrir e dar continuidade a este espaço!? Continuarei fã incondicional dos espaços de vocês. Me despeço com um beijo enorme no coração de cada um de vocês e um doce abraço. Estrela!

5 comentários:

Angélica Lins disse...

Mesmo despedindo-se quem sabe deseje ler o que vem a minha mente... Deixei o acesso ao meu blog apenas à leitores convidados. Gostaria de lhe enviar um convite. Envie seu email do blog para o meu: angelica3292@gmail.com.

Aguardo retorno!
Abraço

MAIRA disse...

Pensei ter lido que você seria apaixonada por várias e diferentes pessoas, animais,e a liberdade.Agora vejo que és apaixonada simplismente por alguém.
Nao digo que não sofras, impossível!Mas, desapaixonar dele, de tudo e de todos? Não seria um tanto perigoso?Amanhã tudo pode ser diferente.

Estrela disse...

Maira! Sou apaixonada sim.Mas esse sentimento tá estagnado.E eu gostaria que somando esse sentimento, transbordasse.Não quero postar tristezas. Não cairia bem.
Se vou desapaixonar, não sei. Mas nunca mais vou entregar meu coração assim ( só a um cardiologista )! Estou muito triste mesmo. Talvez não encerre ainda,já que me pedes para continuar.
Se há perigo, pode ser...acho que não. Sou covarde para tanto.
Quanto ao dia de amanhã, não vou mais pensar nele. Se eu conseguir viver o hoje já estará bom.
Obrigada pela força,amiga.
Grande beijo!

Silvana Nunes .'. disse...

BOM DIA.
Desculpe a demora em responder, mas estou com meus filhos e genro aqui em casa desde terça-feira e tenho de entrar na fila para usar o computador (rs). Logo voltarei com mais calma.
Obrigada pela visita.
Beijo grande.

Brenda Gomes disse...

Sei o quão dificil é uma despedida. Sempre deixando saudade! E é justamente isso que a torna tão especial... A saudade. Se ela existe hoje é porque o ontem valeu a pena. E é isso que tenho a dizer sobre o seu espaço, suas palavras deixarão saudades à todos nós leitores, apaixonados por escrever e mais felizes ainda por nos identificarmos com alguém com o mesmo(ou quase) próposito. Assim me sinto em relação ao seu blog. Parabéns!
Me faz bem ler cada linha escrita por ti e me comovem suas palavras. Serei uma seguidora ansiosa por um retorno, e mesmo que ele não aconteça, ainda assim voltarei aqui para sorrir com seus lindos textos!
Como 'último suspiro', desejo que você continue sendo apaixonada, pelas palavras, pelas pessoas ao seu redor e pela vida!
Todos estamos sujeitos a decepções e apesar de não ter tantaa experiência assim, já me decepcionei e muito com pessoas ao meu redor. Por muito tempo tive medo do amor. Mas descobri que amar é o que nos faz viver! Amar ao próximo e principalmente à nós mesmos. 'Se conselho fosse bom não seria dado, seria vendido', mas me arrisco à presentea-la com o meu, seja feliz! Independente de qualquer coisa... Preocupe-se com você! Não há ninguém mais importanto no mundo. E tenho certeza, que mais cedo ou mais tarde, a vida irá te surpreender...

bjs de uma grande admiradora do seu blog(e q como por ver, tbm ama escrever! uhuahua)