terça-feira, 12 de janeiro de 2010

O Sol

É o Sol que eu vislumbro e que eu desejo tocar, mas sinto que está cada vez mais distante do meu alcance. Seu brilho é tão belo e intenso que me ofusca a visão! No entanto, me aguça outros sentidos. O Sol não tem tato, mas me faz sentir seu calor! Ouvi-lo, não consigo. Seu gosto eu nem imagino! Deve ser por demasiado quente para um paladar tão comum! Mas meu olfato... Ah, esse sim! O Sol desperta cheiros, os quais não desejo esquecer jamais! Ah... O Sol! Que tão intimamente chamo de "meu"! O Sol!...

4 comentários:

Silvana Nunes .'. disse...

Imagino o quão deve ser belo. Existem comemorações em todo o Brasil, mas como spu carioca, dei preferência pelo santo daqui mesmo (rs).
Jaboatão dos Guararapes é a terra do Ariano Suassuna, acertei ?
Beijo grande

Estrela disse...

Quase!
Jaboatão dos Guararapes é a terra do poeta Alberto Cunha Melo.
Ariano é naturalizado recifense.
Beijos!

MAIRA disse...

Podes chama-lo "meu Sol" podes até mais, afinal também és estrela.

Estrela disse...

Obrigada pelos eogios, Maira!
Gosto de saber que me visitas de vez em quando.
Beijinhos...