sábado, 6 de agosto de 2011

O choro

                        As lágrimas não importam. Elas podem rolar sem que possamos senti-las verdadeiramente. O choro que desitoxica a alma é o choro convulsivo e soluçado.

3 comentários:

Jorge disse...

Apenas termos o cuidado de não fazer do choro uma fuga, não é?

Um beijo!!!

Aly-El disse...

As vezes a gente tem que deixar o choro sair e lavar a alma.

Estrela disse...

O pior é quando o choro fica travado na garganta, como sua voz.