terça-feira, 27 de setembro de 2011

Pessoas intensas...

     
         

          Sabe quando acontecem coisas a você, coisas que você jamais pensou que fosse sentir novamente, as quais lhe deixa tão feliz, mas tão feliz, que você não cabe em si de tão feliz e até mesmo o mundo é um lugar pequeno pra tamanha felicidade? Então você é "taxada" de anormal, pois você já passou da adolescência e está na idade errada (diagnóstico médico) pra sentir-se assim.
Então o mundo gira, as coisas mudam de lugar e o motivo da sua alegria virou o principal motivo da sua tristeza. É uma tristeza tão grande, mas tão grande, que você quase não consegue levantar da cama. Você nem vê motivo pra isso. Você vai se fechando dentro de casa como se fosse uma ostra. Você evita sair, dispensa amigos ( amigos que torcem contra você?),não confia em mais ninguém, dispensa leitura de autoajuda, vai virando pérola dentro da ostra. Então você é "taxada" de anormal, de doente, pois, você precisa de ajuda para sair desse ostracismo, dessa depressão. Talvez você seja até bipolar! Ora está esfuziante, ora está mortificada!
Não, caros leitores, se vocês são assim, vocês são intensos. Vocês sentem tudo com a maior intensidade
possível e há quem diga que vocês não vivem, hein? Não creiam. Tudo é viver. Se vocês vivem como adolescentes até os cinquenta anos ou mais, que importa? Isso é bom para o espírito. O tempo é efêmero.
Se vocês vivem como ostras e, como eu, não morreram ainda, vocês estão respirando, então vocês vivem.

5 comentários:

A Bruxa disse...

Exatamente. A intensidade dos sentimentos às vezes confunde pessoas. Mas, mesmo assim, para quem sente tudo isso, é dolorido demais. Por mais jovens que sejamos, em qualquer idade.

Mirian Martin disse...

Ah, sim! A bruxa é do Caldeirão da Bruxa. ;)

Estrela disse...

Rsrsrsrs.
Que a Bruxa era a do Caldeirão,eu já sabia!...
bjks!

FiaOliveir disse...

As vezes confundimos tanto realidade real, com a realidade que creditamos real, que quando essa é realmente real, nos descobrimos confusamente real em uma realidade totalmente clara. O que o outro escreveu é realidade acreditada e a sua? No meu ponto de vista a sua é reaidade real, a dele é resposta da sua.

Estrela disse...

Já desconfiava!...
É bom ter você por perto Fia.
Bjoks!